Sobre a Revista

Foco e Escopo

Lançado em 1974, o Boletim Técnico do Senac (BTS) traz à tona ideias inovadoras e incentiva debates importantes sobre Educação e Trabalho.

De publicação quadrimestral, seu processo editorial peer-review conta com a participação de especialistas brasileiros e estrangeiros.

Os artigos do BTS trazem reflexões indispensáveis para profissionais da área de Educação, além de contribuírem para os estudos de docentes, discentes e pesquisadores dos mais diversos setores da economia.

O Boletim Técnico do Senac integra diversas bases de indexação em nível mundial e pode ser acessado, inclusive, no Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação do Brasil: http://www.periodicos.capes.gov.br/. Notadamente, a cobertura temática do BTS se enquadra nas grandes áreas Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas.

Na avaliação mais recente divulgada pela Capes, referente à Classificação de Periódicos Qualis no Quadriênio 2013-2016, o Boletim Técnico do Senac foi bem-avaliado, com notas B2 em Educação; B2 em Ensino; B2 em Arquitetura, Urbanismo e Design; B2 na área Interdisciplinar; B4 em Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo; B4 em Planejamento Urbano e Regional/Demografia; além de C em Geografia.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

A Comissão de Avaliação do BTS recebe artigos de autores filiados a instituições nacionais e internacionais, nos mais diversos idiomas. 

A editora responsável, que recebe o artigo, verifica, primeiramente, seu ineditismo. Sendo original, faz os primeiros ajustes textuais, se necessários (ortografia, gramática e adequação aos padrões editoriais da revista), de modo que possa ser recebido pela Comissão de Avaliação.

Em seguida, busca entre o corpo de avaliadores cadastrados na equipe do periódico aquele que tenha conhecimentos avançados específicos na temática abordada. Caso ainda não haja um avaliador ad hoc apropriado, busca-o nos centros avançados de pesquisa e ensino de universidades brasileiras e internacionais, analisando o currículo lattes do corpo docente.

O avaliador ad hoc selecionado se reserva o direito de aprovar o artigo para publicação, rejeitá-lo, ou ainda, propor melhorias que levem à qualidade necessária para publicação. O parecer de cada avaliador é fundamentado nas categorias: Pertinência e adequação; Inserção na temática/linha editorial da Revista; Relevância e ineditismo do artigo; e Redação e organização do texto. A identidade do(s) autor(es) não é revelada aos avaliadores, a não ser que haja uma solicitação formal justificada do(s) autor(es) para tanto.

Se houver divergência entre a opinião do avaliador e a do Comitê Editorial, o artigo segue para análise de mais avaliadores, sendo elencados até três orientadores.

Depois de aprovado, o artigo é revisado, ainda, pela Gerência de Documentação do Departamento Nacional do Senac, que solicita aos autores as informações necessárias quanto às referências citadas, caso haja qualquer lacuna nesse sentido.

Da data de submissão do artigo, reserva-se o prazo de no máximo um ano para a conclusão da avaliação.

A identidade dos avaliadores é revelada no término da edição de cada volume, no último número do ano.

 

Periodicidade

Boletim Técnico do Senac é uma revista de periodicidade quadrimestral.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Prazo para submissão

Boletim Técnico do Senac recebe artigos para avaliação todos os dias do ano.

 

Histórico do periódico

Em 1974, o Boletim Técnico do Senac publicou seu primeiro número e começou uma história bem-sucedida: uma revista técnico-científica criada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), com o objetivo de promover a pesquisa sobre a realidade humana nas relações entre Educação e Trabalho.

O Boletim constituiu-se como vanguarda no conhecimento especializado sobre o assunto, e esta liderança global continua até os dias de hoje, com milhares de leitores entre estudantes, professores, executivos, trabalhadores e interessados em geral que procuram se aprofundar nas perspectivas históricas, econômicas, sociais, políticas e pedagógicas da Educação Profissional.

A revista foi editada pelo Centro de Documentação Técnica de 1974 até o volume 30, número 2 (maio a agosto de 2004); pelo Centro de Educação a Distância até o volume 37, número 1 (janeiro a abril de 2011); e pelo Centro de Programas Educacionais até o volume 38, número 3 (setembro a dezembro de 2012).

Atualmente produzido por meio da Assessoria de Comunicação do Departamento Nacional do Senac, este periódico ganhou seu ISSN eletrônico em 2016.

A fim de ampliar seu propósito de conectividade e sustentabilidade, a partir de maio de 2016, o Boletim Técnico do Senac se torna exclusivamente eletrônico, começando na mesma data sua publicação no Open Journal Systems (OJS).